domingo, 21 de junho de 2009

TRANSPORTE EM PORTO VELHO

Em Porto Velho o transporte é feito de ônibus, táxi, moto-táxi (irregular - copiado da Bolívia), bicicleta aro circular e pés mesmo.

Existem duas gangues empresas de ônibus coletivo, uma pior que a outra. Os ônibus com ar condicionado estão sempre com os aparelhos desligados, pois em Porto Velho ninguem gosta de friozinho. O povo gosta mesmo é de suor e mal cheiro, principalmente quando os ônibus estão lotados. Se tiver procurando diversão e conhecer gente nova, simpatica e não necessariamente bonita, ande de ônibus em horário de pico. Linhas mais badaladas:

-Guajará: Com seus 254 carros na linha, passa a cada 30 segundos. Todos lotados. Alguns têm até uma ou outra cadeira vazia, mas vomitadas ou com água pingando sabe-se lá da onde.

-Norte Sul: Roda sem parar, sempre com pessoas voltando de cursos.

-Areal: Roda a cidade toda antes de chegar onde você quer.

-Mariana/Esplanada: O ônibus para quem gosta de Rally e treme-treme. Também chamado de Ônibus-Malária.

-Cohab: Todo mundo conhece, mas ninguem sabe onde ele vai parar.

-Esperança da Comunidade: O nome é descritivo. Pois a Comunidade ainda tem Esperança de que esse ônibus saia do lugar.

-Nova Esperança: Passa de 4 em 4 horas, com destino ao inferno ecológico. isso quando o capeta libera o onibus...

-Interbairros: Roda por praticamente toda a cidade, mas sempre vazio.

-Circular: Linha de pouca utilidade, não passa em canto nenhum. Serve apenas para os metidos a playboys e patys da São Lucas e da Ulbra não terem tão zoados por não terem carro, aí colocam uma minivan com capacidade para 5 pessoas. Outras linhas mais freqüentes fazem o mesmo serviço que o seu.

-Grande Circular: Quase um Interbairros, com a diferença de que anda sempre lotado.

-Tancredo Neves: É o "Guajará" da Zona Leste, com a diferença de ter apenas 3 ou 4 carros.

-São Francisco: Atende a população com 3 ônibus e meio. Conhecido como ônibus montanha russa, sempre com a expectativa de saber se ele vai conseguir ou não subir a ladeira da Avenida Farquhar.

-Candeias: O Intermunicipal, sempre com pessoas voltando com sacos de feira ou kilos de batata.

-Campus Unir: O mais concorrido por um espaço, e com uma área na parte de trás do ônibus exclusiva para campeonatos de Truco e um barzinho. A contragosto, também atende ao lixão à Vila Princesa, com seu odor sui generis da fumaça existente na favela região.

-Presidente Roosevelt: Chamado apenas de "Presidente", é a maior mentira do transporte coletivo porto-velhense, pois esse bairro não existe, seu ponto final muda a cada duas semanas e nunca se sabe se vai passar pelo alagadiço trevo da Caúla ou pela buraqueira avenida Amazonas, a menos que você tenha uma ótima visão para entender o que diz o minúsculo letreiro do ônibus.

-Ulisses/João Paulo II: sua existência ainda é uma incógnita, já que ninguém vê essa linha circulando. Dizem que passa pelo cemitério pronto-socorro João Paulo II.

-Ulisses/BR: O ônibus preferido dos pobres. Sempre tem um boliviano, um argentino, um bêbado e uma boca de fumo(não são alguns maconheiros, não, é uma boca de fumo mesmo) dentro do ônibus. Também sempre leva os bolsistas universitários do interioRRRR que estudam na Faro.

-Ulisses/Hospital de Base: O ônibus do hospital. Sempre lotado de gente morta, pessoas malucas, bolsas de sangue, seringas e órgãos sexuais para transplante.

-4 de Janeiro: O ônibus preferido dos emos, playboys, gays e empresários pobres. Sempre tem uma suruba dentro do ônibus. Sua linha vai da Casa do Caralho até o Alphaville (outra casa do caralho) e termina no 4 de Janeiro. Sempre cheio de viados.


Fonte: Desciclopédia

2 comentários:

thalyta disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Leo & Ju disse...

Priscila, adorei as informaçãoes sobre itinerario de onibus! sem querer abusar, vc sabe onde consigo (ou se existe) horario dos onibus?? pois mudei pra ca a pouco tempo... preciso saber onde pegar e os horarios do interbairros, por exemplo... por favor me de uma luz!! :)
bjuu