sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Ingênua, tadinha.

fiquei muito sem falar, e isso é um problema.
conheci argentinos, modelos, italianos e vi que todo mundo é igual e que você deve sorrir sempre.
apesar de achar isso meio complicado, é questão de ser e mostrar.
sorrir demais é ser ingênuo, e só é ingênuo quem é bom. [ou não]
talvez no [meu] sorriso, se encontrem pedaços de mim quem se foram, ou que estão perdidos, até alguém encontrar. [pausa pra que saboreiem a obviedade]
pedaços amargos ou doces, não sei. o que posso afirmar é que se encontram no vácuo e num completo estado virgem. são coisas que não se descobre sozinho, mas que ninguém é capaz de encontrar.
queria juntar mil pedacinhos doces e continuar sorrindo pra todos. mas pegar todos os pedaços amargos e parar com isso.
tão ingênua, a pessoa, tão, tão. tão.
pedaços de arte, pedaços de alguém que parte, pedaços do esboço de saudade que já não se quer sentir.
eu quero descobrir o gosto dos meus pedaços escondidos e medrosos. covardes e melindrosos, que não me deixam tocá-los ou, ao menos, degustá-los. se eu não posso, quem o fará ?
se escondem de mim os melhores e os piores sabores de alguém que não sabe quem é ou que gosto tem.
vai, e vem, vai e vem, vai e vem. e é um vai e vem sem sacanagem [sacanagem de sacanagem mesmo] não é a toa que estou Ziguezagueando no morar da perfeição. ou imperfeição, vai depender da sua crença.

o importante, é que quem sorri sempre é muito bom ou ruim demais.
a felicidade não consiste no que vemos, pois NEM TUDO O QUE OS OLHOS VEEM O CORAÇÃO SENTE.
logo, não é por não sorrir que se é triste, nem por sorrir demais que se é feliz.
e também nem sempre quem sorri muito é falso. às vezes as outras faces que observam tal excesso de sorriso, infelizes, é que são.
esse, o que sorri demais, só é ingênuo. tadinho. tadinha.

end

2 comentários:

JaqueFonseca; disse...

certa ou não senti uma coisa meio pessoal nesse post.. mas minha teoria sobre sorrisos e simpatias você já deve estar à par: Falso é quem está sempre igual, imutável. Ninguém É isso ou aquilo TODO tempo.
Mas eu sou muito chata também. Quem é simpático demais enche o saco, o que é muito doce chega ser enjoativo. Não acha?

Existe uma enorme possibilidade de você participar do meu todo. Talvez eu te encontre também pelos corredores do seu sétimo andar enquanto você perambula por lá.

;*

Bruno Blessed disse...

Nenhuma reação humana pode nos dizer sobre o carater de uma pessoa. Uns dão muitos sorrisos e outros não. Uns são malçs e outros não. Vai saber.
O que importa é que um sorriso sempre fazer bem se pudermos olhar além dele. Me amarro em um sorriso sarcastido haha.
Esse lugar é muito bom.
Um abraço Prii